Queime os barcos - Minha filosofia de sucesso

Queime os barcos - Minha filosofia de sucesso

Nosso sistema de crenças é a base para moldar nossa filosofia ou estilo de vida. Com o tempo, nossas ações ou ações que compõem esse credo filosófico são transformadas em hábitos, hábitos de vida.

"O ser humano é um ser de hábitos".

Michael Jordan, é um excelente exemplo. Sua autodisciplina fez dele, desde jovem, um ser de hábitos.

Michael recomenda sempre fazer o seu melhor e, embora essa atitude mental já seja conhecida desde muito tempo é sempre bom relembrar! Num determinado momento ele disse:  "Eu aceito o fracasso, porque todos nós falhamos em alguma coisa, mas o que eu não aceito é não tentar...”

Michael Jordan escreveu um pequeno livro intitulado "Minha Filosofia De Sucesso", e neste livro ele descreve, sucintamente, seus seis principais princípios da vida, convertidos em hábitos. Mas eu quero focar em dois:

  • O medo não existe: “O medo é uma ilusão. Eu nunca levo em conta as conseqüências de falhar um tiro importante, porque quando você pensa sobre as conseqüências, você sempre pensa em um resultado negativo ".

    Se refletirmos sobre isso, todos reconheceremos que, quando estamos em uma situação crucial em nossa vida, não pensamos nas conseqüências, nem começamos a analisar se o fazemos ou não; nós simplesmente fazemos porque não temos outra alternativa.

     
  • O compromisso pessoal:  Michael aprendeu desde criança que o que precisa ser feito, deve ser feito por inteiro e é por isso que, por diversas vezes ele disse que era o melhor.  Michael disse: "Quando você se deparar com uma parede em vez de virar as costas para ela, declarando-se derrotado, tente escalá-la, quebrá-la ou cercá-la para superá-la."

Quantas vezes, quando algo não está indo bem, você foge do problema ao invés de enfrentar as dificuldades? Ou inventa logo novas formas de fugir? Ou então dá desculpas e cai fora?

Vou te contar uma pequena história: uma tropa pequena, partiu para o combate, contra uma enorme tropa de soldados.

Ao chegar no campo de batalha, o general da pequena tropa não pensou em recuar, mesmo estando em desvantagem.
Ele utilizou uma estratégia certeira para ir com ainda mais força para o combate e tentar a vitória mesmo sendo estando em menor número.

A ação dele foi de queimar todos os barcos que eles mesmos haviam acabado de atracar na costa.

A grande sacada da história consiste no fato de que, quando se tem muitas alternativas, a atenção é dividida e não focamos em um único objetivo.

O comandante fez com que seus soldados, que até então tinham a alternativa de fugir, se apegassem na única opção possível, lutar.
Agora, mais do que nunca, eles tinham que vencer!

A história nos mostra que com determinação e foco, podemos alcançar nossos objetivos. Aqueles que tem coragem de enfrentar o desconhecido e ultrapassar todos os desafios durante o percurso escolhido, estes sim terão direito a recompensa: o sucesso!

E é essa mensagem que eu quero deixar para vocês hoje:

Queime seus barcos e mude sua maneira de pensar e agir!

A maneira como você se enxerga e enxerga os desafios da vida são determinantes para o futuro que você almeja alcançar!


Categorias


Cadastre seu e-mail e receba as novidades.