Você já agradeceu hoje?

Você já agradeceu hoje?

"Aos incapazes de gratidão nunca faltam pretextos para não a ter." (Gustave Flaubert)

 

Olá, tudo bem?

Você que me acompanha nas redes sociais, deve saber que estive viajando nos últimos dias. Foi uma viagem incrível e inesquecível. Eu vivi dias maravilhosos na companhia da minha amada esposa. Pudemos conhecer lugares impressionantes e desfrutarmos das maravilhas da natureza.

Mas porque eu estou falando sore isso?

Porque já tem um tempo que venho falando e pensando na importância de agradecer e depois dessa viagem esse sentimento ficou muito latente em minha mente e coração.

Por isso, gostaria de conversar com vocês hoje, sobre gratidão.

Você é grato? Pelo o que você é grato? Mas você agradece?

A palavra gratidão tem origem no termo do latim gratus, que pode ser traduzido como agradecido ou grato. Também deriva de gratia, que significa graça.

Gratidão é um sentimento de reconhecimento, uma emoção por saber que uma pessoa fez uma boa ação, um auxílio, em favor de outra. Gratidão é uma espécie de dívida, é querer agradecer a outra pessoa por ter feito algo muito benéfico para ela.

Sentir-se grato também é associado a um estado de espírito e não se refere somente a bons acontecimentos. A sensação de gratidão pode estar relacionada a todos acontecimentos da vida de uma pessoa, que pode sentir-se grata também por experiências ruins que lhe trouxeram algum aprendizado.

Assim, a gratidão pode estar relacionada não só às graças ou ajudas recebidas, mas a todas as experiências vividas por uma pessoa durante sua vida e seus relacionamentos.

Isso nos deixa claro que, gerar um pensamento de gratidão é uma escolha única e pessoal. O ser humano pode conduzir a mente para o lugar que desejar, fazer esse exercício de gratidão é uma escolha para estimular o seu cérebro a ter uma maior percepção das coisas boas da vida.

Cada vez que você permite o reconhecimento de suas conquistas, profissionais e pessoais, das pessoas que te amam, da família que você construiu, dos amigos que você cativou, das metas e objetivos que você alcançou e daí por diante, o seu corpo recebe mais energia, fazendo com que você se sinta cada vez melhor.

Agradeça por tudo de bom que você já conquistou, pelas pessoas extraordinárias que de alguma forma contribuíram para o seu crescimento, pelos erros, acertos e fracassos, pelas dificuldades e alegrias. Afinal, tudo isso foi importante para você estar aqui hoje.

A vida em si já é um presente, e poder ser grato por tudo isso é, sem dúvida, uma grande dádiva que todos nós recebemos.

Você tem sido uma pessoa verdadeiramente grata?

Então execute este exercício, neste momento:

  1. Pense em três aspectos sobre os quais você é grato e analise por quê;
  2. Pense em duas pessoas a quem você é grato e diga o motivo de ser grato a elas;
  3. Relacione dois motivos pelos quais você é grato a Deus;
  4. Pense em dois fatos que causaram uma dor imensa, mas proporcionaram um importante aprendizado e amadurecimento. (Graças a eles você se tornou alguém melhor e é por esta razão que é grato por tê-los vivido.) 

Piaget, estudioso do desenvolvimento humano, afirma que, se você for grato por tudo, coisas boas irão te acontecer. Então, crie em você o hábito da gratidão e eu tenho certeza que sua vida será ainda melhor. 

Aqui vai uma dica valiosa para você começar a praticar a gratidão: separe um caderno, de forma que tenha 365 páginas, um para cada dia do ano. Ao final de cada dia, escreva os motivos pelos quais você é grato. Dessa forma:


1 - Sou grato por...
2 - Sou grato por...
3 - Sou grato por...


Para cada motivo de gratidão, você escreve uma vez e pronuncia em voz alta outras três vezes, e assim você entenderá que sua vida é muito boa e a consequência será uma vida muito mais plena e feliz. 

Até a próxima, bom final de semana!

"O quão feliz é uma pessoa depende da profundidade de sua gratidão."

John Miller


Categorias


Cadastre seu e-mail e receba as novidades.